SBPC/ML aponta que 72% dos pacientes com doenças crônicas só descobriram o problema após o aparecimento dos sintomas

Pesquisa encomendada pela entidade motivou o lançamento da campanha #ImportantePrevenir

Por Comunicação CNSaúde , publicado em 31/05/2019

A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) lançou a campanha #ImportantePrevenir, com o objetivo de alertar a população para a importância dos exames laboratoriais no diagnóstico precoce e prevenção de diversas doenças. A ideia de realizar a campanha surgiu após uma pesquisa encomendada pela SBPC/ML que revela que 72% dos pacientes com doenças crônicas só descobriram o problema após o aparecimento de sintomas.

Segundo o presidente da SBPC/ML, Wilson Shcolnik, este dado alerta para o fato de que “quando o paciente apresenta sintomas é sinal de que a patologia já está instalada. Logo, a população não está realizando exames clínicos e laboratoriais básicos como forma de prevenção, mas sim de diagnóstico”, explica.

A pesquisa, realizada entre os dias 28 de março e 7 de abril deste ano, nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, revela ainda que:

96% dos entrevistados consideram exames laboratoriais importantes para prevenção

48% dos pacientes crônicos acham que deveriam ter feito exame com mais antecedência para prevenir doença

40% dos pacientes crônicos acham que deveriam ter feito exames complementares para prevenir doença

“A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) estima que pacientes doentes custam 7 vezes mais do que um paciente saudável na mesma faixa etária e estudo da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) aponta que doenças que só possuem alterações laboratoriais, sem manifestar sintomas, têm chance de cura de 90%. Conclui-se que a realização de exames preventivos é menos onerosa ao sistema de assistência à saúde e mais benéfica ao paciente”, completa o presidente da SBPC/ML.

Campanha

Segundo o diretor de comunicação da SBPC/ML, Carlos Aita, o conceito do layout e design foram pensados como uma simbologia para englobar em uma única campanha de prevenção os mais variados tipos de doenças, agregando à lista de movimentos globais já consagrados como o outubro Rosa e novembro Azul.


“Os exames laboratoriais não devem ter o mesmo rumo que as vacinas, que deixaram de ser ação preventiva e passaram a ser ação emergencial. Queremos contribuir para que o sistema de assistência à saúde esteja preparado para promover a prevenção e saúde da população e não só para tratar doenças”, completa Carlos Aita.


O diretor lembra ainda que, desde o ano passado, a SBPC/ML aderiu ao Choosing Wisely, iniciativa criada pela American Board of Internal Medicine (ABIM), cujo objetivo é ampliar a percepção dos profissionais da saúde para a importância do uso adequado, consciente e sem excessos de recursos da área e vai ao encontro do conceito Less is More ou menos é mais.

 

Parceiros