CNSaúde participa de reunião com Grupo de Altos Estudos do Trabalho (GAET)

Encontro foi oportunidade para apresentar propostas do setor referentes às relações de trabalho

Por Comunicação CNSaúde , publicado em 21/10/2019

O Grupo de Altos Estudos do Trabalho (GAET), criado pelo governo federal, está realizando uma série de reuniões com representantes de diversas entidades laborais e patronais. Na última sexta-feira (18), na sede da Fiesp, em São Paulo, foi a vez de representantes das sete confederações patronais do país se reunirem com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, coordenador do GAET.

Segundo Marinho, foram debatidos temas sobre o mercado de trabalho no futuro e a simplificação e consolidação da legislação.

“Falamos sobre mudanças estruturais e de adequação na área de trabalho. Ou a gente muda e entende esse processo ou vamos ter dificuldades no futuro”, disse.

Participaram os membros da CNI (indústria), CNA (agricultura), CNTUR (turismo), CNC (comércio), CNSaúde (saúde), CNT (transporte) e CNF (instituições financeiras). Cada entidade levou suas propostas referentes às relações de trabalho para o grupo.

Representando a CNSaúde, o presidente Breno Monteiro apresentou, dentre várias propostas do setor, a necessidade de discutir a jornada de trabalho dos profissionais de enfermagem. “Precisamos do apoio do Congresso Nacional para defender questões como a não redução da jornada de trabalho dos enfermeiros para 30 horas. Se aprovado, o projeto irá causar grandes impactos financeiros aos estabelecimentos de saúde, podendo prejudicar o investimento em inovações e, consequentemente, no atendimento da população”, afirmou Breno.

Outro assunto evidenciado pelo presidente da Confederação Nacional de Saúde, foi a situação das gestantes e lactantes. A decisão de proibir totalmente a atividade dessas trabalhadoras em ambientes insalubres trouxe um enorme impacto para os segmentos empresariais da saúde, uma vez que o trabalho da mulher representa 76% dos contratos de trabalho formais do setor.

Ao final da reunião, o secretário especial de Previdência e Trabalho afirmou que nesta semana vai se reunir com o GAET para discutir o resultado dos trabalhos após os encontros. Ele ainda não sabe quando as propostas serão concluídas.

 FONTE: Comunicação CNSaúde, com informações da Folha.com

Parceiros